Duas histórias muito engraçadas

Estas duas pequenas histórias buscaram inspiração no repertório de contos e anedotas populares. Mas trazem de original uma dose de imprevistos e de situações absurdas ­ surrealistas mesmo ­ que nos faz dar boas gargalhadas. A primeira, parece trazer o típico mote do rico fazendeiro enganado pelo astuto, mas não é bem isso; pode-se dizer que é um homem enganado por si mesmo; quem mandou confiar em poderes mágicos? A segunda se assemelha, pela estrutura, aos conhecidos contos de encadear, ou de acumular, em que o protagonista vai trocando sempre uma coisa pela outra; a maior graça dela advém, no entanto, dos incríveis objetos trocados e da reação de quem os troca. Nas duas histórias estão presentes personagens e cenários do folclore brasileiro (o fazendeiro, a roça, o cigano de feira, o tropeiro, o violeiro) misturados a referências históricas, modernas ou antigas, como o burro que carregou o Menino-Jesus, o que carregou Juscelino e a Copa do Mundo. Às virtudes mágicas tradicionais de contos de fadas (pato que bota moedas de ouro, viola que toca sozinha, cavalo invisível) juntam-se novas, hilariantes, como o burro que fala 432 línguas. É a desmistificação dos poderes encantados, pois nenhum deles parece servir para nada; na verdade, a mágica mesmo parece ser o jeito ­ esse bem brasileiro ­ de resolver as situações com bom humor e criatividade.

Autor: Joel Rufino dos Santos
Ilustrador: Daniel Kondo
Editora: Moderna
ISBN: 9788516031688
Faixa etária: 8 a 9 anos
Páginas: 32
Literatura Infantojuvenil
Assuntos: Folclore Brasileiro

Avaliações: 14

QUERO FAZER O QUIZ DESSE LIVRO!

Fichas: 1 por resposta correta se acertar no mínimo 50% das perguntas do quiz!
Medalhas: 1 medalha para cada quiz com 80% de acerto.
Você passa de nível a cada 20 medalhas.
Tempo: até 30 minutos

Fazer o Quiz
Devorador com Livros